quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Capacidade Humana de Utilizar Grandes Invenções de modo Fútil

Texto curto, só para marcar uma IDIOTICE que - mais uma vez - parece que sou o único que nota.

Então inventamos a imprensa. Gutemberg - baita cara - pegou um sistema antigo de impressão de tinta em papel e o transformou. Criou uma forma de fazer a impressão mais rapidamente, mais facilmente e, o principal, em escala.

Onde, antes, demorava dezenas de minutos para imprimir uma única folha, agora uma quantidade grande poderia ser impressa ao mesmo tempo. Fantástico!

A invenção serviria para registrar e disseminar o conhecimento. Educação. Cultura.

Aí veio o mundo moderno e o Capitalismo.

Empresas (desde lojinhas de bibocas até grandes redes internacionais) compram milhões de toneladas de papel (oriundo de árvores), imprimem sua "ofertas" (mentiras pega-trouxas) e distribuem nas ruas e nas casas das pessoas.
Muitas vezes entregam quatro, cinco ou mais panfletos em uma mesma casa. Afinal de contas, o entregador só tem que "se livrar" dos papéis, mesmo...
Prendem essas merdas desses papéis inúteis em carros, portões e qualquer lugar onde facilmente o vento ou  a chuva os arrastam. Isso quando simplesmente não jogam em algum terreno baldio, bueiro, riacho ou arroio.

Aí, chove, essas porcarias de papéis se juntam às imundices que o nosso povo mal-educado (nós mesmos, você e eu) jogamos diretamente no chão (como papéis de bala, chocolates, recibos, bitucas de cigarros, etc...) e entopem toda a precária canalização que as cidades (não) constroem.

Aí, qualquer merda de chuva que acontece alaga TOTALMENTE nossas cidades.

E a culpa é do aquecimento global. Ou do El-niño. Sabe? A culpa é da puta que os pariu, mas nunca é diretamente nossa. Afinal de contas, aceitar a consequência dos nossos atos não é nossa maior virtude...

Mas isso tudo nem me deixa tão puto da vida. O pior de tudo é olhar para essas empresas que CAGAM nossa cidade com panfletos completamente desnecessários e prejudiciais, e notar que elas têm selos de "empresa amiga do meio-ambiente"...

Tipo assim... Podem fazer o favor de irem se foder?
Querem fazer merda, façam. Mas pelo menos coloquem o cérebro para funcionar e notem que toda a ação que fazemos tem consequências.