sexta-feira, 20 de março de 2015

Sistema de Navegação do Século 19!

Em 1924 os Estados Unidos ainda não contavam com uma rede de rádio e radares realmente eficiente para o controle do tráfego aéreo. Embora os aviões já estivessem sendo empregados para transporte de carga há algum tempo, não havia segurança na navegação.

A agencia postal dos Estados Unidos resolveu esse problema de um modo bem peculiar. Através de todo o país, foram construídas grandes setas (entre 10 e 15 metros), visíveis a pelo menos 10 milhas de distância, apontando a direção entre Nova Iorque e São Francisco.

Essas setas possuíam antenas de rádio para auxiliar a visibilidade e comunicação, além de uma central com gerador.

Como parte da contrapartida da Inglaterra pela ajuda na Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos receberam todas as patentes registradas pelos bretões. Patentes de invenções do mundo inteiro, pois o Império Britânico era o maior do mundo até então. Só então que os Estados Unidos começaram a produzir equipamentos de radar mais potentes, tornando obsoleto este antigo sistema.

Entretanto, as setas ainda existem e auxiliam muitos aventureiros que ousam atravessar o deserto do centro dos Estados Unidos. Algumas setas ainda possuem a antena e o gerador. Outras estão quase desaparecendo... mas existe um movimento para restaurá-las.