quinta-feira, 26 de abril de 2018

Os Vingadores: Guerra Infinita

Não.
Peraí.
Desculpe.

Eu errei o título.
(Em minha defesa, os irmãos Russo também erraram.)

Aqui vai o título correto:

THANOS: GUERRA INFINITA


Pronto.
Bem melhor.

Agora sim eu posso começar a falar sobre o melhor filme jamais feito na história da humanidade.

Bem. 
Metade dele. 
A primeira metade.
A primeira metade que demorou 10 anos para ser concluída.

Tudo. Absolutamente TUDO no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) convergiu para esse momento. Para esse filme. E os irmãos Russo te entregam 2 horas e 40 minutos da maior desolação e anti-clímax que você já presenciou na história das histórias contadas.

E é justamente por conta desse anti-clímax que Guerra Infinita é tão grandiosa.

Como eu disse ali em cima, esse não é um filme sobre Os Vingadores. Se fosse o caso, seria apenas para mostrar o quanto todos os grandes heróis nos apresentados nos últimos 10 anos são fracos e despreparados para qualquer ameaça que aconteça.

A Marvel nos acostumou com filmes do grupo Os Vingadores para "fechar" cada uma das fases. Mas, nessa terceira fase, a Marvel ousou no sentido correto e "fechou" a sequência com a maior história que a empresa já contou.

Explico.

Eu fui "marvete" por toda a década de 90. Até perceber uma coisa: a Mavel não cuida dos seus vilões. O "centro" de suas histórias sempre são os conflitos internos dos heróis e o relativismo moral entre os heróis. Os vilões são somente uma válvula de escape. Um estopim para levar os heróis ao seu limite. Os vilões são figuras bidimensionais, sem motivações ou sequer características que os aproximem de um personagem de verdade. Os vilões estão lá apenas para o público saber em quem o herói deve bater para vencer a história.

Mas não em Guerra Infinita. Não no MCU. A Marvel usou e abusou de "vilões descartáveis" em seus filmes... até agora. Imbecis fracos, com objetivos infantis e facilmente derrotáveis.

E então Guerra Infinita nos apresenta Thanos. 
O filme inteiro é do Thanos. 
Guerra Infinita serve para mostrar a história, o ponto de vista e o objetivo do Titã Louco.

Guerra Infinita junta a maioria dos heróis do MCU... os maiores campeões da galáxia... só para nos deixar claro que não são NADA frente ao poder de Thanos.

Thanos está sob controle da situação o tempo inteiro.
Seu plano é muito simples e segue mais ou menos a história dos gibis: coletar todas as joias do infinito, juntá-las na manopla do infinito e, com o poder de um deus, dizimar metade da população do Universo com o estalar dos dedos.

E esse é um filme sobre o Thanos.
E esse é um filme sobre o maior vilão que o cinema já colocou à nossa frente.

(Sim. Eu disse isso. Nossos pais presenciaram Star Wars. Nós teremos o privilégio de dizer que presenciamos em tempo real a maior obra-prima da sétima arte. Esses 10 anos. Esses 19 filmes lançados até hoje entrarão para a história como o projeto mais audacioso e bem sucedido do cinema.)

E por ser um filme sobre o vilão, é um filme aonde o vilão vence. E, acredite em mim, isso não é um spoiler. É só o fim inevitável de todas as coisas.

Tudo no filme se encaixa à perfeição.
(Talvez, exceto, a menção que Homem Aranha se passa 8 anos DEPOIS da invasão Chitauri e Guerra Infinita se passa 6 anos DEPOIS que Tony Stark revela ser o Homem de Ferro. Tem uns 4 anos de erro, aí.)
(Também tem o problema crucial no plano de Thanos: se ele quer poder para salvar a vida da finitude de recursos, porque não usa os poderes de um deus da manopla do infinito para... tornar infinitos os recursos para a vida?)
(Tá, também tem alguns outros problemas pontuas, como o Dr Estranho não usar a joia do tempo para impedir o Thanos de conseguir todas as outras pedras.)

Tá, pensando bem, o filme tem um monte de coisas que não se encaixam direito.

Mas eu vou te contar o maior segredo para Guerra infinita ter funcionado tão bem: a diferença entre a realidade e a ficção, é que a ficção precisa fazer sentido. E essa falta de sentido em alguns pontos - propositais ou não - criam uma atmosfera de incertezas. Essas incertezas mantém as histórias abertas. E todas essas dúvidas criam a nossa necessidade de sentar em uma cadeira no cinema às 00:01 de uma quinta e enfrentarmos com alegria quase 3hs de filme madrugada a dentro. Mesmo sabendo que no dia seguinte vamos precisar acordar cedo para voltarmos para nossas vidas.

Guerra Infinita não é um filme de comédia. Embora piadas estejam presentes aqui e ali, elas mal servem para aliviar a tensão das cenas do filme.

Muito pelo contrário, Guerra Infinita é a primeira metade sombria do filme. É pesado e até aterrorizante em alguns momentos.

O Thor se sobressai um pouco fazendo algumas proezas. O Senhor das Estrelas é mostrado sendo muito mais do que um "reles humano". A Feiticeira Escarlate mostra muito mais domínio e extensão dos seus poderes. O Homem de Ferro novamente mostra todo seu poder. Viúva Negra continua chutando bundas, mesmo sem que a gente saiba como ela consegue fazer isso. O Capitão América e o Soldado Invernal passam meio desapercebidos. Máquina de Guerra e Falcão continuam como side-kicks...

Depois da cena inicial, Banner não consegue mais se transformar em Hulk. Nas vezes que tenta, o monstro verde aparece apenas para dizer "NÃO!".

Gavião Arqueiro e Homem Formiga NÃO ESTÃO no filme...
Mas o Caveira Vermelha tem uma participação especial muito legal!

Eu fiquei especialmente chateado com os asseclas do Thanos. Acreditava que eles seriam mais formidáveis. Mas não é nada que atrapalhe o filme: quando Thanos consegue a pedra da realidade (que estava com o Colecionador...) ele decreta a sua vitória. A partir desse momento, tudo foi questão - literalmente - de tempo.

Thanos aniquila metade da população do Universo.
Assim, seguindo a lógica cartesiana, pelo menos metade dos heróis morre.

Mas assim como muitos heróis morrem, alguns novos aparecem.

A cena pós-créditos, como sempre, prepara para mais um filme. O da Capitã Marvel. 

O filme termina com a sensação de que não há esperança e o mal enfim venceu o bem.
Mas a quantidade de heróis mortos deixa claro que estamos na metade do filme. 
E ainda há o que ser feito para reverter o quadro catastrófico.

O quarto filme de Os Vingadores não tem nome, ainda. Mas certamente os heróis remanescentes encontrarão reforços, deixarão suas desavenças de lado e, enfim, vencerão Thanos.
Ou não.
Vá saber.
Só teremos a resposta dentro de um ano.
E eu só posso dizer que será o ano mais longo e desolador de todos os tempos.

A partir de agora, eu vou contar o filme.




Sim, vai ter muito spoiler, em cada frase.

.
.
.

Se você não foi assistir o filme, VÁ AGORA.

.
.
.

Bem, você foi avisado. Leia por conta e risco.

.
.
.

Guerra Infinita começa exatamente onde termina Thor: Ragnarok.
A nave dos asgardianos foi interceptada por Thanos, porque Loki estava com o Tesseract.

Thanos já havia passado por Xandar e pego a joia do poder. Dizimando o planeta no processo, claro.

Thanos já tem a joia do poder.

Na nave asgardiana, Thanos deixa clara sua superioridade. Thanos e seus asseclas subjugam Loki, Heimdall, Thor e Hulk.
Thanos ainda luta contra o Hulk e o Thor, vencendo os dois com extrema facilidade.
Heimdall salva Banner, usando a ponte do arco íris para mandá-lo para a Terra. Thanos mata Heimdall e Loki (será?).
Depois de conseguir o Tesseract, Thanos ainda destrói a nave asgardiana.

Thanos já tem a joia do poder e a joia do espaço.

Banner cai na Terra, dentro do sanctum de Nova Yorque do Dr Estranho. Ao contar sobre Thanos, o Dr Estranho chama Stark para conversar. Mas não há muito tempo para reuniões de heróis ou planos: no meio da conversa os asseclas de Thanos já chegam à Terra atrás das pedras que estão aqui.
Banner, Wong, Dr Estranho, Homem de Ferro e o Homem Aranha tentam proteger a joia do tempo, mas sem sucesso. O assecla do Thanos leva o Dr Estranho para o titã. Mas não sem que o Homem de Ferro e o Homem Aranha entrem de gaiatos na sua nave.

Na Europa, outros dois asseclas de Thanos tentam pegar a joia da mente, que está com Visão. Visão e a Feiticeira Escarlate resistem e, com o reforço do Capitão América, Falcão e Viúva Negra, a joia da mente é salva.

Os heróis ainda vão até a sede de Os Vingadores, para tentar achar ajuda. Mas só encontram o Máquina de Guerra. Sem recursos para ajudar o Visão, o grupo de heróis parte para Wakanda.

Cortando para o espaço:

Os Guardiões da Galáxia estão respondendo ao chamado de socorro da nave asgardiana. Quando chegam ao local, só vêem os destroços da nave e os corpos dos asgardianos no espaço. Por uma daquelas sortes que o roteiro exige, Thor acaba se chocando contra o pára brisa da nave do Senhor das Estrelas. Os Guardiões notam que Thor está vivo e o trazem para dentro da nave.

O grupo conversa a respeito de Thanos, suas últimas ações e traçam dois planos:
1-Thor, Rocket e Groot vão para o local aonde o Mjölnir foi forjado! Thor acredita que somente com uma arma forjada pelos melhores armeiros da galáxia ele conseguirá deter Thanos.
2-Senhor das Estrelas, Gamora, Drax e Mantis vão até o Colecionador para impedir Thanos de conseguir a joia da realidade.

Gamora pede para Peter prometer que, caso Thanos a capture, Peter a mate. Gamora tem um segredo muito grande que não pode cair nas mãos de Thanos.

Quando chegam em Lugarnenhum, o Colecionado já está sendo atacado por Thanos. O grupo ataca Thanos, mas Thanos já está em posse da joia da realidade. Gamora chega a matar Thanos. Mas logo em seguida o Titã louco muda a realidade, volta a viver e captura Gamora.
Peter fica no dilema de cumprir a promessa... e a cumpre. Mas Thanos altera a realidade e faz bolhas de sabão saírem da arma de Quill.
Thanos leva Gamora consigo. Isso faz o grupo ir para o planeta de Thanos.

Thanos tem a joia do poder, a joia do espaço e a joia da realidade.

Com a ajuda do Homem Aranha, o Homem de Ferro consegue matar o assecla de Thanos e salvar o Dr Estranho. Stephen quer voltar para a Terra, mas Stark o convence que levar a briga até Thanos criaria um fator surpresa que traria vantagem para os heróis.

Corta para o Thanos.
Thanos está com a Gamora. 
Durante a conversa com Gamora, Thanos conta como conheceu Gamora e conta sobre o seu plano.

Basicamente, Thanos compreende que a vida existe em uma progressão geométrica que tende ao infinito, enquanto os recursos naturais para sustentar a vida são finitos.
Assim sendo, existe um número de equilíbrio sobre a quantidade de vida que o Universo pode sustentar.
Thanos conta que em seu próprio planeta seu povo ultrapassou esse ponto de equilíbrio. E quando os recursos não são suficientes para todos, a fome, insegurança e demais aflições geram desordem. E a desordem tende a acabar com toda a vida.
Então, para não acabar com toda a vida, Thanos propôs exterminar metade da população do planeta. De modo aleatório, sem ver se os indivíduos são machos, fêmeas, ricos, pobres, etc...

E o Titã notou que sua solução não poderia ser apenas local.
Thanos foi de planeta em planeta, exterminando metade das populações.
Foi assim no planeta de Drax, Nebula e Gamora.

A história da menina Gamora enfrentando Thanos e ganhando o respeito do Titã é tocante.
Deixa claro que Thanos tem apreço e até sentimentos por Gamora.

Thanos exterminou a metade da população de diversos planetas, até descobrir as joias do infinito. Com o poder da manopla do infinito, Thanos poderia fazer seu trabalho muito mais facilmente.

E Thanos revela que Gamora tinha a missão de encontrar a joia da alma. E Gamora mente que não encontrou. Mas Thanos tem Nebula como prisioneira. E acessando seu cérebro cibernético, Thanos encontrou a gravação de Gamora confessando que encontrou a joia. Ao torturar Nebula, Thanos consegue que Gamora diga aonde está a joia.
Thanos e Gamora vão até um planeta deserto. Sobem uma montanha... e encontram o que parece ser o fantasma do Caveira Vermelha tomando conta da joia da alma. O Caveira conta que, para conseguir a joia da alma, é necessário entregar uma alma. E Thanos arremessa sua filha favorita para a morte, em troca da joia da alma. E a consegue.

Nebula aproveita a ausência de Thanos, pede ajuda para Mantis e foge.

Thanos tem a joia do poder, a joia do espaço, a joia da realidade e a joia da alma.

O grupo do Homem de Ferro encontra o grupo do Senhor das Estrelas.
Briga clássica de heróis se encontrando pela primeira vez.
Resolvida em menos de dois minutos.
Inimigo em comum encontrado, as duas equipes tornam-se apenas uma equipe.

Enquanto Peter e Tony brigam para saber quem fará o plano de ataque a Thanos, Dr Estranho usa a joia do tempo para ver todos os futuros possíveis após o combate da equipe contra Thanos. 
E em apenas UM futuro de mais de 14 milhões, a equipe vence. 
Plano definido.

O plano é, basicamente, imobilizar Thanos para que Mantis possa colocá-lo para dormir. Assim, o grupo teria como remover a manopla do infinito e...
Bem.
Quase.

Thanos já estava imobilizado e "dormindo". Ele ainda resistia, mas o Homem de Ferro e o Homem Aranha estavam quase tirando a manopla de sua mão, quando...
Peter Quill pergunta sobre Gamora.
Mantis diz que Thanos está com angústia, sofrendo.
E Nebula diz que ele está com a joia da alma... ele foi com Gamora e voltou com a joia.
Todos somam 1 + 1 e entendem que Gamora está morta. Peter se descontrola, bate no Titã, atrapalha o plano, desconcentra Mantis e permite que Thanos se livre e mantenha a manopla.

Ataques desesperados de todos os heróis para tentar vencer Thanos.
Mas Thanos vence a todos.

A luta do Homem de Ferro contra Thanos é fantástica.
Mas acaba com Thanos arrancando um pedaço da armadura de Tony e trespassando a barriga do herói.
Dr Estranho faz uma barganha com Thanos. Oferece a joia do tempo em troca da vida de Tony.

Thanos tem a joia do poder, a joia do espaço, a joia da realidade, a joia da alma e a joia do tempo.

Na fornalha, Thor descobre que todos os anões foram mortos, sobrando apenas o melhor deles (interpretado pelo brilhante Peter Dinklage!). O anão revela que criou a manopla do infinito para que Thanos não matasse seu povo. Mas, mesmo tendo atendido a vontade de Thanos, Thanos matou todos os anões.
Thor, de modo glorioso, reascende uma estrela de nêutrons, faz a fornalha funcionar novamente e, assim, o anão pôde forjar um machado de combate para o Rei de Asgard.

Corta pra Terra.

Na Terra, todos os heróis foram para Wakanda.
O plano é tirar a pedra da testa do Visão e destruí-la. Assim, Thanos não completaria a manopla e não poderia concluir seu plano.

Os asseclas de Thanos chegam até a barreira de Wakanda. E com seu exército, passam a atacar a barreira. Como não conseguem penetrá-la, passam a cercar a barreira. O que seria perigoso, porque os heróis acabariam cercados e não são numerosos o suficiente para defender Visão, caso necessário.

Assim, o Pantera Negra ordena que uma parte da barreira fosse desligada, para que os invasores se concentrassem em um único ponto.
Então uma batalha épica se inicia.

Capitão América (Nômade), Pantera Negra, Viúva Negra, Falcão, Banner com a Hulkbuster, Máquina de Guerra, Soldado Invernal (Lobo Branco), guarda real de Wakanda e guerreiros de diversas tribos de Wakanda lutam contra os invasores.

A batalha não vai nada bem. O exército invasor não é inteligente, atacam com muita ferocidade, são muito resistentes e muito numerosos.

No meio da batalha, Thor, Rocket e Groot chegam. E Thor mostra porque é o FUCKING DEUS DO TROVÃO, turbinado com um FUCKING NOVO MACHADO DE GUERRA!

Com Thor em campo o jogo muda e os invasores perdem vantagem. Por isso, chamam a "cavalaria": veículos de guerra que chegam sob o chão, passando pela barreira de Wakanda.
A Feiticeira Escarlate vê isso e sai de perto de Visão para ajudar os outros heróis.
Os poderes da Feiticeira são gigantes e isso aproxima da vitória certa.

Mas ao deixar Visão sozinho, sendo operado pela irmã do Pantera Negra, a Feiticeira criou a oportunidade que os asseclas de Thanos queriam.
Atacam Visão antes da irmã do Pantera Negra conseguir remover a joia.

Visão apanha muito para os asseclas de Thanos.
Banner, Capitão e outros heróis correm para ajudar Visão.
Eles conseguem vencer os asseclas, mas Thanos chega.

Visão então diz a Feiticeira que é preciso destruir a joia, mesmo ela estando em sua testa, ainda. A Feiticeira sabe que isso matará seu namorado, mas mesmo assim ela o faz. Os outros heróis tentam ganhar o máximo de tempo para Wanda, mas de modo quase inútil.
No fim, a Feiticeira ainda precisa dividir seu poder para criar um escudo contra o Thanos e destruir a joia da mente.

A Feiticeira consegue destruir a joia da mente de um modo dramático.

Mas Thanos usa a joia do tempo.
Volta até antes da joia da mente ser destruída.
Tira Wanda do caminho. 
Arranca a joia da mente da teste do Visão, que morre uma segunda vez.

Thanos tem a joia do poder, a joia do espaço, a joia da realidade, a joia da alma, a joia do tempo e a joia da mente.

A Manopla do Infinito está completa.

Thanos está sentindo todo o poder das joias do infinito em seu corpo quando Thor arremessa seu machado contra o titã.

Thor acerta seu machado no peito de Thanos.

E Thanos se resume a dizer: "você deveria ter mirado na minha cabeça".

Thanos estala os dedos.

E, imediatamente, metade da população de cada planeta simplesmente deixa de existir.
Em toda a Galáxia.
Em todo o Universo.

O "passaralho" é geral:
Senhor das Estrelas.
Drax.
Mantis.
Groot.
Dr Estranho.
Homem Aranha.
Soldado Invernal.
Pantera Negra.
Falcão.
Feiticeira Escarlate.

LITERALMENTE sobram Os Vingadores originais:
Homem de Ferro.
Capitão América.
Hulk.
Thor.
Viúva Negra.

Mais algumas peças interessantes:
Máquina de Guerra.
Nebula.
Wong.

Mais os heróis que não estavam presentes:
Gavião Arqueiro.
Homem Formiga.
Vespa.

Mais UMA heroína MUITO especial:
Capitã Marvel.

O filme termina com Thanos sozinho, contemplando a desolação da realização do seu plano.

Depois de toooooooooooooooooooooodos os créditos, há uma cena pós-créditos.

Nick Fury e a agente Hill estão em um carro, quando outro carro se atravessa em sua frente.
Eles saem do seu carro e vão verificar o carro à sua frente. Não há ninguém no carro. Fury olha ao seu redor e várias pessoas estão simplesmente sumindo. Fury começa a dar ordens para Hill e, ao olhar para ela, Hill some.

Fury corre para o carro, pega um comunicador e começa a sumir, também.

O filme inteiro vale pelo Samuel L Jackson sendo atendido e podendo lagar seu bordão em um filme da Marvel: "MOTHER FUC......"

O comunicador cai no chão.
"Chamada recebida".
O símbolo da Capitã Marvel aparece na tela.

Tela preta.

Fim do filme.

Última frase.

"Thanos will return"

(Se você ainda estava em dúvidas que esse é um filme do Thanos, elas acabaram agora.)