domingo, 22 de maio de 2016

Capitão América: Guerra Civil

Ok. Muitas vezes eu esqueço da quantidade de gente que acessa o Ponto Final! Muito obrigado a todos vocês MESMO.
Inclusive quero agradecer a galera que puxou minha orelha por não ter publicado um texto sobre o Capitão América: Guerra Civil. Galera MESMO. Não vou contar os amigos e conhecidos. Esses me questionaram logo na quinta feita de estréia. Fora o pessoal mais próximo, foram quase 50 pessoas que me chamaram nos chats e e-mail, perguntando pelo texto.

Desculpem. 
O texto tá aqui.

O que aconteceu? Então... eu vendi o texto que escrevi láááááááááááááá na quarta de madrugada, depois de assistir a pré-estreia. Ah, vocês sabem que eu sou um porco capitalista e que eu troco até a mãe pela oferta certa. E depois eu fiquei com PREGUIÇA de escrever um segundo texto. Achei que ficaria igual ao primeiro texto e o comprador ficaria chateado comigo.

Bem. Então hoje eu fui assistir ao filme novamente... e já me esqueci de tudo que escrevi no primeiro texto.
Então tá aqui o texto, pra vocês!

Vamos deixar claro aqui no início: ESQUEÇA a Guerra Civil dos quadrinhos. O filme tem muito pouco ou quase nada da trama dos gibis. Eu, que sempre traço paralelos entre os gibis e os filmes, não farei isso nesse texto. Simplesmente não dá.
É exatamente onde a divisão dos direitos dos supers da MARVEL para diversas empresas diferentes ferrou o Universo Cinematográfico Marvel. A Disney/Marvel não pode usar todos os personagens que precisaria... e o resultado nos cinemas foi uma "Mini-Guerra Civil".

Mas vamos deixar claro, aqui: mesmo sendo uma "Mini-Guerra Civil", é um excelente filme.

O filme é tão bem feito que poderia ser chamado de "Homem de Ferro 4: Guerra Civil" e até mesmo "Os Vingadores 3: Guerra Civil".

Bem, hoje, um mês depois da estréia, com o filme batendo UM FUCKING BILHÃO de bilheteria, é difícil criticar negativamente o filme.

Não é um filme hilário, como os outros do Capitão América. A pegada do filme é bem mais séria. Gira em torno da lei para controlar a atividade de supers no mundo. No filme, chamado de "Tratado de Sokóvia".
De um lado, Tony Stark está com peso na consciência pelo resultado das atividades heróicas... Do outro lado, Steve Rogers defende a liberdade e independência das ações dos meta-humanos. Há muitos conceitos de política envolvidos nessa trama toda. Conceitos que nos fazem perguntar: até quanto a liberdade individual é sagrada... e o quanto o Estado deve limitar nossas ações visando o bem maior.

Bem. Eu sou liberal clássico. E muito de ter descoberto a minha vertente política passou por estudar a fundo os conceitos não só expostos pela Guerra Civil, como pelas histórias da DC em que os humanos se perguntam sobre limitações para meta-humanos.

Tanto nos gibis quanto no filme, eu sou do time do Capitão América.

Eu acredito na liberdade individual como pilar básico e inalienável da formação da sociedade. Por mais poderoso que um indivíduo seja, ele jamais será mais poderoso que o conjunto inteiro. Agora, quando o conjunto inteiro submete os indivíduos mais poderosos às suas vontades, os indivíduos mais poderosos se transformam em armas. Armas sujeitas aos mandos e desmandos de quem quer que esteja no comando do todo. Poder absoluto, nas mãos de poucas ou uma pessoa.

E poder absoluto corrompe absolutamente. (Jamais duvidem disso. Jamais esqueçam isso.)

De agora em diante, falarei do filme abertamente. Conterá spoilers até não poder mais. Se não assistiu o filme, vá assistir AGORA.

Como todo bom filme de super herói, toda a trama se dá por conta de um vilão. Helmut Zemo - o Barão Zemo - é um ex-militar da Sokóvia. Ele perdeu toda a família durante o filme Vingadores - Era de Ultron. E, consumido pela vingança, criou um plano para destruir os Vingadores.
Li por aí muitas resenhas detonando o Barão Zemo. Discordo de todas. Gostei da consciência dele. Ele próprio diz saber que é fraco. Que "pessoas mais fortes que ele tentaram e não conseguiram" destruir os Vingadores. Então o Barão Zemo vai atrás de algo que consiga jogar um Vingador contra o outro.
Inteligente. Sagaz. Esperto. E a condução do plano... lento, metódico, sem surpresas, sortes ou acessos milagrosos a locais proibidos.

O Barão está fissurado no relatório da missão de 16 de dezembro de 1991 do Soldado Invernal.
O filme mostra a cena diversas vezes, desde o início. Cada nova reprise, o filme mostra uma informação a mais da missão. Basicamente, o Soldado Invernal era descongelado, tinha sua mente apagada, uma sequência de palavras ativava um tipo de controle da mente... e Bucky virava uma espécie de robô, que fazia qualquer coisa que os russos ordenassem.
Nessa missão em específico, o Soldado Invernal deveria matar os pais do Tony Stark e roubar umas ampolas azuis. Missão dada... missão cumprida.

Corta pra Nigéria. CrossBones está em uma missão para roubar um agente biológico. (O que diabos uma arma biológica perigosa faz na capital da Nigéria, eu não sei. Mas né?) Capitão América, Falcão, Viúva Negra e Feiticeira Escarlate têm uma pista e estão procurando o CrossBones.
Na hora do assalto do vilão, os quatro heróis confrontam CrossBones. Conseguem recuperar o agente biológico... Mas no confronto com o Capitão, CrossBones detona um colete com explosivos.
A Feiticeira Escarlate consegue conter a explosão, suspendendo o vilão metros no ar. Mas a explosão atinge alguns andares do centro de pesquisas, matando dezenas de funcionários.

Corta pro Tony. Tony está no MIT, palestrando para estudantes. Visivelmente abatido, com peso na consciência, Tony dá bolsas para todos os alunos. O filme mostra que Tony e Pepper estão "dando um tempo".
A palestra acaba, Tony sai do palco, sai de perto de todos... e encontra-se com uma mulher. Mãe de uma vítima em Sokóvia. Ela culpa Tony pela morte do filho dela, só piorando o quadro de arrependimento do Homem de Ferro.

Corta pra sede dos Vingadores. A equipe que estava na Nigéria está em frangalhos. Tony chega com o General Ross.

Todo um teatrinho do General Ross, tentando meter culpa nos Vingadores. Mostra os incidentes em Nova York, em Washington, em Sokóvia e na Nigéria. Diz que o mundo está com medo do poder dos Vingadores. Entrega um tratado como solução para a crise. O tratado faz com que os heróis que o assinem fiquem à disposição de um conselho da ONU, que determinará se e quando o grupo deverá agir.

Tony, Rodes e Visão prontamente ficam a favor do tratado. Viúva Negra concorda com Tony...
Capitão América e Falcão ficam contra.
Feiticeira Escarlate fica em dúvida.

Aqui vão dois apartes que eu acho importante fazer.
1 - Sem os heróis, os vilões já teriam dominado o mundo. O Visão até está certo que muitos vilões são criados por circunstâncias geradas pelos heróis. Homem de Ferro 1 e 2 acontecerem por conta de vilões que se inspiraram diretamente no Homem de Ferro. Ultron foi CRIADO por Stark, nos filmes! Mas Loki já nutria inveja e ressentimento quanto ao Thor, quer o Thor tenha feito algo ou não. E a Hidra estava para dominar o mundo, quer o Capitão América tivesse existido ou não! E eu nem falarei do próprio General Ross, que é o vilão do filme do Hulk. O próprio General Ross deu o soro do supersoldado para o Emil Blonsky... que mais tarde se torna o Abominação! E em Vingadores 1, o conselho da SHIELD LANÇOU UMA OGIVA NUCLEAR CONTRA NOVA YORK! PQP!!!
2 - Se você for ver o retrospecto, é sempre o Estado que cria os vilões!
Loki? Filho do rei.
Hidra? Agência do governo Nazista e, depois, infiltrada em uma organização norte-americana.
Ultron? Obediah? Chicote Negro? Todos crias do Stark, um empresário que vende armas para o governo...
Notam o padrão? Conseguem ver que o problema não está na individualidade dos super heróis?

Toca o telefone do Capitão América. Fim da discussão dos heróis. Peggy Carter morreu...
Destaque para o parzinho romântico esquisito entre a Feiticeira Escarlate e o Visão... Stark pede que Visão mantenha a Feiticeira no QG dos vingadores...

Corta pra ONU. O rei de Wakanda discursa na cerimônia da criação do comitê que regulará Os Vingadores. O príncipe de Wakanda vê a polícia evacuando a rua ao redor de um furgão. O furgão explode, matando o rei de Wakanda.

A CIA descobre uma imagem de uma câmera, mostrando que o Soldado Invernal armou a bomba.
O comitê exige que o Soldado Invernal seja preso o mais rapidamente possível.
O Capitão sabe que, se os oficiais encontrarem o Soldado Invernal, provavelmente ele não sairá capturado vivo... Mesmo agindo contra a lei, o Capitão América e o Falcão vão atrás do Soldado Invernal.

O grupo militar chega na mesma hora que o Capitão aparece na casa de Bucky. A briga que se desenrola basicamente é: Bucky tentando fugir, soldados tentando matar o Bucky, Capitão tentando impedir que os soldados matem o Bucky. Capitão tentando prender o Bucky. Bucky lutando para não ser preso pelo Capitão.

Na fuga, aparece o Pantera Negra. E olha: que baita personagem. Que efeitos bem feitos. Que coreografia bem executada. O Pantera Negra está para a Guerra Civil assim como a Mulher Maravilha está para Batman Vs Superman! Acaba o filme, você quer assistir o filme do Pantera Negra o mais rapidamente possível... (E do Homem Aranha. E do Homem Formiga. Espera que eu já chego lá!)

O Pantera Negra é o filho do Rei de Wakanda. T'Challa quer vingança contra o Soldado Invernal. Mas no final da luta entre os 4 supers, o Máquina de Guerra e a CIA os cercam e os prendem.

Acho interessante como em NENHUM MOMENTO ninguém pressiona o - agora - rei T'Challa para assinar a lei de controle da ONU sobre os supers...

O Barão Zemo sequestra, mata e toma o lugar do analista que interrogaria Bucky. No mesmo momento, Zemo manda entregar um dispositivo de Pulso Elétrico em uma estação de energia elétrica. O pulso destrói a estação, comprometendo a base aonde todos estão presos.
Em posse do livro que continha os segredos de controle do Soldado Invernal, Zemo recita as palavras-chave e domina Bucky. Bucky abre caminho na porrada para fora da sua prisão, enfrentando o Capitão América, Falcão, Stark, Viúva Negra, a sobrinha de Peggy e o Pantera Negra...
No topo do prédio, Bucky tenta fugir com um helicóptero, mas Steve não permite. Cena épica do Capitão impedindo a decolagem de um helicóptero literalmente "no braço".


O helicóptero cai em um lago, o Capitão resgata Bucky e o leva para um lugar seguro.
O Capitão descobre os planos de Zemo. A missão do dia 16 de dezembro de 1991 do Soldado Invernal não era só matar os pais do Tony Stark... mas também era roubar o soro do supersoldado que Howard estava levando para o Pentágono. Com esse soro, os russos fizeram mais 5 Soldados Invernais. Se Zemo conseguir controlá-los, poderá dominar qualquer nação em poucos dias! O Capitão precisa impedir Zemo.

Ross dá 36 horas para o Stark capturar e entregar os três...
O Capitão e o Falcão sabem que se tornam fugitivos procurados.

De um lado, o Capitão recruta o Gavião Arqueiro, a Feiticeira Escarlate e o Homem Formiga. Que se juntam ao Soldado Invernal e ao Falcão.
Do outro lado, Stark recruta o Homem Aranha. Que se junta ao Máquina de Guerra, Pantera Negra, Viúva Negra e Visão.

Aparte obrigatório: achei que a quantidade de heróis foi muito pouca. O filme é comprido o suficiente para poder mostrar pelo menos mais uma cena de uns 20 segundos, mostrando de relance outros heróis da Marvel. Os que estão nos seriados, pra ser exato. Eu imagino um Jameson gritando na TV, enquanto um monitor ao fundo mostra cenas do Demolidor, da Jessica Jones, do Justiceiro e de outros heróis FUGINDO DA POLÍCIA, por exemplo.

As duas equipes se enfrentam em um aeroporto evacuado. A sequência de ação é fantástica. A cena do Homem Formiga pegando carona em uma flecha do Gavião Arqueiro está lá. As piadas infames do Homem Aranha estão lá.
Destaco o momento que o Homem Formiga usa seu traje para AUMENTAR seu tamanho... com sucesso! Será que estamos vendo o precursor do Gigante? Tomara que Hank Pim se transforme no gigante!!!


Aqui tem um erro de continuidade grotesco. O Homem de Ferro olha pra sua DIREITA e chama o Homem Aranha. O Aranha pula da DIREITA para a ESQUERDA do Homem de Ferro, tirando o escudo do Capitão América com a teia, no processo. O Capitão olha pra sua direita, ESQUERDA do Homem de Ferro, toda vez que fala com o Peter. E isso está CERTO. Mas o Homem de ferro continua olhando para a sua DIREITA enquanto fala com o Homem Aranha... Que agora está na sua ESQUERDA...
Bem, quase ninguém notou isso. Segue o baile.

Com ajuda da Viúva Negra - quase uma agente dupla do Capitão, dentro da equipe do Stark - O Capitão e Bucky conseguem chegar ao avião e decolar em direção ao laboratório aonde os russos mantinham os Soldados Invernais... para onde Zemo já estava indo.

A batalha termina com o Homem de Ferro e o Máquina de Guerra indo atrás do avião. O Falcão está atrás de Rodes, que pede ajuda para o Visão. Visão dispara um raio. O Falcão se esquiva e o raio pega no gerador do Máquina de Guerra... Que cai no chão antes que qualquer um possa salvá-lo. Rodes fica com uma severa lesão na coluna.
Todos os demais são presos.

Zemo faz com que seja encontrado o corpo do especialista que faria o interrogatório de Bucky. Stark fica sabendo e nota que o Capitão estava falando a verdade. Stark vai até a prisão aonde estão os amigos do Capitão para tentar saber do Falcão a localização exata de onde o Capitão estava indo. O Falcão confia em Stark e conta... Stark vai para a base, seguido do Pantera Negra.

Bem... Zemo matou os 5 Soldados Invernais. O plano do Barão não era usar força externa para acabar com Os Vingadores. Quando o Homem de Ferro, o Capitão América e o Soldado Invernal chegam na base, Zemo mostra a todos que Bucky matou os pais do Stark. E o Stark fica sabendo que Steve sabia disso e não havia lhe contado.

Mais uma sequência de lutas fantástica.Com direito a braço mecânico do Soldado Invernal arrancado, propulsores e gerador do Homem de Ferro quebrados e o Capitão América abandonando o escudo.


Na cena derradeira do filme, Barão Zemo está para se suicidar quando o Pantera Negra chega perto dele. O Barão Zemo conta toda a sua trama, toda a sua história. O Pantera desiste de vingança, mas impede o Barão de se suicidar. "Você ainda tem contas para acertar com os vivos", diz T'Challa.

No final, não sabemos mais o que será da equipe. Não sabemos nem quem é a equipe, mais...
O Capitão manda uma carta para o Homem de Ferro, pedindo desculpas por tudo. E enquanto Stark lê a carta, Steve está na base, libertando todos os colegas presos.

O filme possui duas cenas pós-créditos.
Na primeira, Bucky se submete a um congelamento, em Wakanda. Ele próprio acha que não é prudente ficar a solta enquanto qualquer um puder controlar sua mente com meia dúzia de palavras.

Na segunda, o Homem Aranha descobre que Stark tem planos de uma armadura para o Amigão da Vizinhança!

Não sei quanto a você, mas eu estou ansioso pelos próximos filmes do universo Marvel. Guerra Civil encerrou MUITOS arcos que vinham sendo construídos há muitos filmes... Mas abriu muitos outros arcos! Quero saber como eles vão resolver todos os problemas gerados por esse filme. Porque, afinal de contas, o governo irá atrás da Viúva Negra, Feiticeira Escarlate, Gavião Arqueiro, Homem Formiga, Falcão e Capitão América... O Homem Aranha, como será seu filme solo? Teremos um Homem de Ferro 4? Ou depois do Senhor Estranho, Pantera e Homem Aranha, teremos um Vingadores 3, direto?

Nossa, são muitas questões. Muitas mesmo. E eu mal posso esperar par que todas sejam respondidas o mais breve possível!!