domingo, 11 de novembro de 2012

Ponte Viva!

Mostrando que o engenho humano pode, sim, dobrar a natureza ao seu desejo, sem destruí-la no processo.