terça-feira, 25 de setembro de 2012

Arte feita por Animais!


1 - Círculos dos Baiacus

Recentemente descobertos a oitenta metros abaixo do nível do mar, na costa do Japão, estes círculos são feitos - cuidadosamente - por baiacus machos, para atrair as baiacus fêmeas para acasalamento. Os círculos chegam a ter seis metros de raio e, depois dá cópula, ainda servem para protegerem os ovos.





2 - Casulos de Moscas D'Água

Normalmente, as larvas das moscas d'água constroem seus casulos com seda própria e sedimentos que encontram nos rios, como areia, folhas, gravetos, escamas e pedras. O artista francês Hubert Duprat, entretanto, dá a estas larvas flocos de ouro, pedras semi-preciosas e pedras preciosas, para que façam seus casulos. Depois que o inseto descarta o casulo, Duprat os apresenta como jóias em caráter de obras-de-arte.




3 - Árvores-Teia

Esse fenômeno pode acontecer em qualquer lugar do mundo. Quando as aranhas são forçadas a abandonarem o chão, seu local de caça predileto e acabam subindo as árvores, é comum que façam suas teias nas copas. Recentemente, após enchentes no Paquistão, em 2010 e na Austrália, em 2012, o lindo fenômeno pode ser melhor estudado.





4 - Sanduíche de Flores!

Não são todas as espécies de abelhas que constroem colmeias. Uma espécie na Turquia recolhe pétalas de flores, as unindo com lama, própolis, polem e mel, suficientes para abrigar e alimentar a um único ovo. A nova abelha tem toda a proteção e comida que precisa, até se tornar um indivíduo adulto e poder criar seus próprios ninhos!










5 - Ninhos de BowerBirds:

"BowerBirds" são passarinhos comuns na Oceania (principalmente Austrália e Nova Guiné). Quando o macho quer atrair uma fêmea, constrói um ninho no chão, com gravetos. O interessante, entretanto, é que as fêmeas parecem gostar de coisas coloridas e brilhantes. Por causa disso, os machos colocam, ao redor do ninho, objetos coloridos que conseguem encontrar. Comumente, roubam objetos dos humanos, para completarem sua tarefa. Quanto mais esteticamente bonita for a composição do ninho, maior a chance da fêmea se apaixonar!

6 - Cupinzeiros

Cupins urbanos fazem seus ninhos em madeira, por ser mais prático. Na natureza, entretanto, os cupins parecem gostar de construir castelos de areia - alguns impressionantemente gigantescos - como morada para a colônia. Na verdade, o formato dos cupinzeiros ajuda a manter a temperatura estável, como se fosse um ar-condicionado. Isso facilita as tarefas, como criar as larvas e cultivar os fungos que alimentam a colônia.



7 - Casulos de Mariposas Amicta

As larvas de Amicta constroem seus casulos com gravetos unidos por seda. Muitos deles são desleixados e apenas unem - aleatoriamente - quaisquer gravetos que encontrarem. A final de contas, o objetivo é só construir alguma proteção para poderem se transformarem em animais adultos. Porém, algumas das larvas não se satisfazem com qualquer tipo de proteção: escolhem minunciosamente os gravetos a serem utilizados, quebram-nos em tamanhos similares, gastam as aparas que forem muito grandes e chegam a construir casulos instigantemente simétricos.