terça-feira, 30 de outubro de 2012

Máfia das Multas

Eu escrevi este texto faz tempo. Mas, como muitos candidatos a prefeito estavam prometendo acabar com "máfias das multas", eu fiquei receoso em publicá-lo antes. Simplesmente eu não quero confundir administração pública com politicagem.

Muitos motoristas reclamam, sistematicamente, que os fiscais de trânsito aplicam multas de má-fé.
Olha, amigo, até concordo, às vezes. Pessoas não acordam de bom humor todos os dias. Sempre existem os prepotentes. E, é claro, nunca podemos esquecer da corrupção explícita do "jeitinho brasileiro".

E, é claro, erros acontecem.

Erros muito grotescos, inclusive. Quem aqui não se lembra da multa aplicada sobre um carro que teria ultrapassado o limite de velocidade... e quebrado a barreira do som? Coisa que, é óbvio, nem carros de Fórmula 1 ou Fórmula Indy conseguem fazer!

Recentemente houve outra multa bem curiosa. Uma senhora foi multada por ter ultrapassado o sinal vermelho... Em um cruzamento onde não existe semáforo!

Mas esse texto não é para colocar abaixo o sistema. Mesmo porque o sistema é justo. Quem é vítima de erros como os citados pode recorrer. Se defender. Ir a juízo e conseguir que a multa seja removida. Dá dor de cabeça, faz com que tu perca um ou dois dias de trabalho. Mas funciona.

Agora, vamos combinar uma coisa: a imensa maioria das multas que são aplicadas são justas.

Mesmo porque, eu já disse isso aqui. E você já sabe. Brasileiro não sabe dirigir.

Os que reclamam que existe a tal "indústria da multa" são geralmente os mesmos motoristas que não sabem as leis. Que infringem uma lei após a outra. Que ignora sinais no chão, placas, semáforos e até o bom-senso.

Esse é o povo que, sistematicamente, morre nas estradas. Aliás, essa é a única ocasião em que eu não vejo a teoria de Darwin funcionando. Já morreram tantos mal motoristas. Tem que estar próximo o dia em que só sobrarão os bons motoristas.

Então, quando esse pessoal infrator começa a receber as multas pelas infrações que praticam, passam a achar que existe uma conspiração. Falam que guardas municipais ganham comissões e outros absurdos deste tipo.

Só não se tocam que existe uma solução infalível para que não recebam multas: andar dentro da lei.

Cuidar não só das placas, como dos outros veículos e pedestres. Cuidar onde se estaciona. Lembrar que o carro já ajuda a economizar tempo e que, portanto, não é preciso correr. Cuidar da manutenção do carro. Manter os itens que se desgastam sempre novos. Ter cautela, zelo... Tudo isso ajuda a evitar multas.

O que é muito melhor do que ficar pedindo para o seu candidato para tirar a guarda municipal das ruas.
A solução é exatamente o contrário: colocar mais e mais guardas municipais nas ruas. Em mais horas do dia. Reprimir mais ainda os maus motoristas. Para que, assim, todos aprendam a ser bons motoristas.