sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Democratização ou Orkutização?


Primeiro uma forte ressalva: O Orkut está tão vazio, tão sem usuários, que já está voltando a ficar legal. Sério. Pelo menos melhor que o Facebook, anda...

Feita a ressalva, quero dizer, aqui, que o Sport Club Internacional é o primeiro clube “Orkutizado” do Brasil. Talvez até do mundo. Mas não o “Orkutizado” que você está pensando. É outro tipo de “Orkutização”. Eu explico:

Primeiramente, o Inter cresceu em sócios entre os anos 2004 a 2008. Anos em que o Orkut era muito mais febre do que o Facebook ou o Twitter são, hoje. Essa relação não foi concebida ao acaso.
Todos os times que se prezam (e alguns que nem se prezam tanto, assim) têm, ainda hoje, comunidades com centenas de milhares (algumas até milhões...) de membros. O Inter não é diferente.
Se você procurar por “Internacional” nas comunidades do Orkut, ainda hoje você encontrará algumas dezenas de comunidades coloradas.

Lá pelos idos de 2004 a 2005, eu fazia parte da comunidade oficial do Inter, da comunidade “Sou sócio do Internacional” e de mais algumas. E, nesse tempo, uma coisa me irritava profundamente: a cada derrota do time, uma legião de membros da comunidade abriam dezenas de tópicos, para apontarem o que estava errado no Inter.
Eu gosto de debates. Gosto de buscar soluções. Mas, convenhamos, vamos brigar por coisas que valem à pena, né? Discutir futebol na vida real já é algo bobo. Mesmo porque os Clubes - todos - já são máquinas de fazer dinheiro, muitos amadores, alguns profissionais.
Só há um ponto em que discutir futebol tem algum sentido, para mim: na política e administração do clube.
Sim, porque, se você está envolvido na vida do clube, faz sentido tu brigar pela tua posição frente aos problemas.

Então, para cada orkuteiro que abria um tópico reclamando do Clube, time, técnico ou jogador, eu rebatia dizendo "te associa, vira conselheiro e faz algo de verdade!".

Não, não estou dizendo que o número assombroso de sócios do Internacional é um feito meu. Mesmo porque outras pessoas na comunidade do Inter também utilizavam esse argumento para calar a boca de recalmões chatos. 

Enfim, os colorados passaram a se associar freneticamente. Tantos que, ainda no Orkut, alguns sócios (eu incluso nas primeiras conversas) sonharam com um movimento: o InterNet. Tá, eu nem cheguei a ir a reunião alguma. Mesmo porque logo entraram pessoas que eu não gostava muito...

Mas enfim, o Orkut proporcionou a criação desse movimento, que hoje conta com vários conselheiros ativos no clube.

E essa sim é a forma correta de se manifestar. Aquele povo que só "xingava muito no Orkut", passou a conversar e apresentar propostas no conselho colorado.
Mas, mesmo assim, o sócios colorados são mais de cem mil! Muitos de fora de Porto Alegre. Fora da região metropolitana. Fora do Rio Grande do Sul, do Sul do Brasil... Do próprio Brasil! Hehe!

Nessa semana, os conselheiros colorados aprovaram o voto pela internet, para que os sócios do mundo inteiro possam participar da vida do Clube. 

Se por um lado essa atitude é nobre, por outro eu fico preocupado. Fico imaginando as negociatas que acontecerão para eleger conselheiros. Muitos sem vivência no clube. Muitos só pela força de dinheiro.

Mas isso é política. E só por isso eu falei de futebol hoje.